Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
+FRUTABOL
Now Reading:
Polvo das Antas volta a denunciar

Polvo das Antas volta a denunciar

Eis que chegados à última jornada do Campeonato o Futebol Clube do Porto, na pessoa do dignissimo Francisco J Markes, tenta uma última manobra de pressão e coação sobre um árbitro, e ao mesmo tempo tenta a manipulação das massas.

Jorge Sousa foi o árbitro nomeado para arbitrar o SL Benfica – Santa Clara, jogo que pode consagrar o Benfica como novo campeão nacional. E como lá em cima parece valer tudo, uma última tentativa de condicionar o árbitro tinha de acontecer. E se essa tentativa ficasse conotada com adeptos do Benfica, melhor. Mas nem todo o mundo anda desatento, e quando o discernimento é pouco os erros acontecem. Foi o que sucedeu com FJM. Passamos a explicar.

Ontem às 21h43 FJM lança um tweet, onde numa imagem de uma publicação no facebook se vê um individuo a grafitar o muro da casa que se presume ser de Jorge Sousa, com a mensagem “Benfica ou Morte – 1904”. Na tal imagem pode ler-se “ontem pelas 2h55”. Ora, se é sabido que de facto a casa de Jorge Sousa foi vandalizada na noite de quinta para sexta feira, como é possível a tal publicação dizer que foi de quarta para quinta feira?

Não chegasse esta incongruência, há mais. A publicação partilhada por FJM é falsa. Totalmente falsa, adulterada, inventada, manipulada, como se quiser chamar. FJM, ou os seus estagiários, usaram o site http://www.prankmenot.com/?facebook_status para criar a publicação falsa. Como se pode constatar, por defeito, as publicações criadas nessa página saem com a indicação “ontem pelas 2h55”. Mais, na imagem partilhada por FJM o layout dos gostos e partilhas é o layout antigo, atualmente é diferente. Exige-se mais atento aos pormenores, Francisco. Nas imagens em anexo poderão verificar as diferenças.

Entretanto o tweet de FJM já desapareceu, sabe-se lá porquê, mas uma vez na internet, sempre na internet. Em relação à página de facebook partilhada, também aparenta já não existir, as razões desconhecem-se?

Não temos como confirmar se quem vandalizou a casa são adeptos do Benfica ou não, e sendo-o condenamos o ato. Contudo, estando na última jornada, em casa, com o Santa Clara, parece-nos um pouco “suspeito” que um adepto do Benfica sinta necessidade de fazer isto. Não quando não o fez antes de jogos com o FC Porto, Braga, Rio Ave, etc. Vindo de onde vem, ser uma tentativa de tentar colocar as culpas e os holofotes no Benfica é um cenário perfeitamente verosímil e o mais provável. É uma manobra já executada por diversas vezes

Consegue FJM explicar as incongruências apontadas acima? Consegue FJM explicar o porquê de ter apagado o tweet? Consegue FJM explicar como um senhor que se quer valer da carteira de jornalista numas situações, faz este tipo de comunicação? Consegue FJM explicar porque acusou o Benfica de criar fake news, e agora fazer esta publicação? Consegue FJM responder a estas questões, ou tem pedir ajuda a Manuel Tavares?

Comments

comments

Input your search keywords and press Enter.