Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Paulo Gonçalves, assessor jurídico do Benfica foi detido esta terça-feira!

Esta terça-feira fica marcada pela detenção de Paulo Gonçalves, assessor jurídico do Benfica, e de José Silva, um técnico de informática do Instituto de Gestão Financeira e Equipamento da Justiça (IGFEJ), por suspeitas de corrupção ativa e passiva, acesso ilegítimo, violação de segredo de justiça, falsidade informática e favorecimento pessoal. O ex-observador de primeira categoria Júlio Loureiro, e o empresário de futebol Óscar Cruz também terão sido constituídos arguidos.

Em comunicado, a PJ referiu que, na operação “e-toupeira”, foram realizadas trinta buscas nas áreas do Porto, Fafe, Guimarães, Santarém e Lisboa que levaram à apreensão de “relevantes elementos probatórios”.

A Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL) informou no seu site que o inquérito está relacionado com “a prática de acessos por funcionários a diversos inquéritos em segredo de justiça para obtenção de informação sobre diligências em curso, informações que eram depois transmitidas ao assessor da administração de uma sociedade anónima desportiva a troco de vantagens”. Foram cumpridos seis mandados de buscas domiciliárias, um de busca a gabinete de advogado e 21 mandados de buscas não domiciliárias na presença de um juiz de instrução criminal, dois procuradores-adjuntos, inspetores da PJ e peritos informáticos. Os dois detidos vão ser sujeitos a primeiro interrogatório judicial.

Rapidamente o Sl Benfica reagiu e emitiu um comunicado

Eis o comunicado:

“A Sport Lisboa e Benfica SAD confirma a realização de buscas às suas instalações no âmbito de um processo de investigação sobre eventual violação do segredo de justiça e reitera a sua total disponibilidade em colaborar com as autoridades no integral apuramento da verdade.

A Sport Lisboa e Benfica SAD manifesta a sua confiança e convicção de que o Dr. Paulo Gonçalves terá oportunidade, no âmbito do processo judicial, de provar a legalidade dos seus procedimentos.

A Sport Lisboa e Benfica SAD informa que irá pedir com carácter de urgência uma audiência à Senhora Procuradora-Geral da República, pelas reiteradas e constantes violações do segredo de justiça, sobre os processos que envolvem o clube, numa estratégia intencional e com procedimentos fáceis de serem investigados, como hoje foi claramente comprovado.”

Comments

comments

O que pode ver

Cartilheiros do FC Porto tentam despedir Rui Vitória no Benfica usando escutas de forma ilegal

Na conversa telefónica que circula nas redes sociais, colocada pelos cartilheiros do FC Porto, aparece …