Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Imagens ▶ Familia Sportinguista em torno do Saraiva! Do Mister do Café ao juiz do TAD!

Soubemos ontem, que o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), reduziu o castigo de Nuno Saraiva de 45 para nove dias, devido a criticas ao árbitro de um jogo da Taça da Liga. Em causa está a publicação de um texto numa página na rede social Facebook, designada Nuno Saraiva SCP, que visava a arbitragem de Rui Oliveira no jogo entre Sporting e Vitória de Setúbal, em Janeiro deste ano.

Nuno Saraiva defendeu que a autoria do texto publicado no Facebook não lhe pode ser atribuída, uma vez que a página é administrada por uma empresa especializada na área da gestão de redes sociais, de seu nome Youngnetwork, contratada pela SAD do Sporting e à qual têm acesso duas ou três pessoas.

Mas no documento abaixo descobrimos que a testemunha do processo é nada mais, nada menos que João Pedro Capitão gestor de redes sociais na empresa Youngnetwork, adepto sportinguista e autor do blog Mister do Café.

Para um “não oficial” é uma pessoa bem relacionada com o clube e com o seu presidente.

Blog este é gerido pela empresa onde Capitão trabalha, liderada por João Duarte também ele adepto sportinguista que participa na Sporting TV, na Sport TV e no jornal “O Sporting”.

Tal como, o juiz do TAD que reduziu a pena a Nuno Saraiva. Adepto fervoroso do Sporting que nada esconde na sua página de facebook.

Para se livrarem uns, descobrem-se as carecas a outros. O pequeno funcionário do Sporting viu a sua pena reduzida, colocando em cheque Capitão e Duarte, ambos da empresa Youngnetwork, que faz a gestão de varias paginas oficiais do Sporting, sendo este que manda as directrizes do que quer ver publicado. Concluindo e resumindo: Todos tem culpa no cartório! E o juiz do TAD, bem esse como sportinguista ferranho, só ajudou a festa ficar pequena lá para os lados do Saraiva.

Comments

comments

O que pode ver

Ex-árbitro fica com 4 mil euros que serviam para pagar a árbitros por favorecimento em jogos

Um dos chamados “capangas” que estiveram na vila das aves a temporada passada a intimidar …