FC Porto: Multas e processos é com eles!

Aquilo lá para os lados do Dragão, anda mal financeiramente. Multas, multas e mais multas. Depois processos disciplinares. E mesmo assim não aprendem.

Luís Gonçalves, diretor geral do FC Porto, foi alvo de um processo disciplinar, anunciou esta terça-feira o Conselho de Disciplina da FPF. Relembramos que, Luís Gonçalves foi expulso por Jorge Sousa, após o apito final do jogo no Dragão.

Convenhamos que os seus comportamentos, não são dignos de um director geral.

No que toca a multas:
– Sérgio Conceição foi punido com 383 euros de multa. “O agente não utilizou em local visível a braçadeira ou credencial que o identificasse durante o jogo”, surge explicado, e o adjunto Vítor Bruno também foi castigado pelo mesmo motivo e montante.

(Se calhar por isso o Sérgio fez o pedido de desculpas so jornalista da Sport TV, não fosse vir alguma queixa)

– Fernando Saul, oficial de ligação aos adeptos, foi castigado com uma multa de 893 euros e suspenso por 30 dias. “Estamos a ser roubados”, gritou à porta da cabine do árbitro, segundo explica o CD.
(Muito gostam eles de se atirarem aos árbitros!)

– O FC Porto terá também de pagar 3825 euros pela utilização da aparelhagem sonora. “Ao minuto 86 foi utilizado o sistema sonoro pelo speaker, que proferiu as seguintes palavras: ‘Porto, Porto, Porto'”, surge justificado, com base na relatório dos delegados da Liga.

Coitados nem gritar podem. Era a única coisa que lhes restava! Imaginem se ofendessem o Benfica? Multa de 0 euros!

Tenham lá tino, senão não sobra nada com tantas multas.

Comments

comments

Check Also

Nuno Saraiva ataca o bloguer Hugo Gil na sua página de Facebook!

O pequeno funcionário do Sporting, soltou o verbo e o desespero ontem na sua página …

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 7 outros subscritores