Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

É melhor começarem a abrir os cordões à bolsa!!!

O ‘Correio da Manhã’, avançou esta quarta-feira, com a noticia de que o FC Porto arrisca pagar dez milhões de euros pela transferência do argentino Fede Varela, jogador da equipa B. O jovem de 21 anos chegou ao Dragão em 2015/16 vindo dos suíços do Stade Nyonnais. Na época, a transferência foi intermediada pela Energy Soccer – empresa detida em 60% por Alexandre Pinto da Costa.

Agora, o Celta de Vigo, clube onde o jogador fez a sua formação, reclama ao atleta “uma indemnização de 10 milhões de euros” por uma “alegada rescisão unilateral sem justa causa”.
No relatório e contas de 2016/17, o FC POrto esclareceu que “o juiz da causa abriu procedimento de notificação como corréus (aquele que é acusado de conduta criminosa em conjunto com outro ou outros acusados no mesmo processo penal) aos dois clubes pelos quais o jogador se viu inscrito na sequência da sua rescisão”, ou seja, com o Stade Nyonnais e o FC Porto.

Os azuis e brancos estão incluídos neste processo pois contrataram o atleta “no prazo de um ano após o momento da rescisão unilateral”. O caso, neste momento, está nos tribunais espanhóis e irá começar a ser julgado já em janeiro.

Com tantas multas e processos, é o melhor o FC Porto começar a ter cuidado com as contas. Cada vez, estão a ficar piores.

Comments

comments

O que pode ver

Presidente do Benfica pressionado a despedir o treinador

Além dos adeptos , a contestação e o desejo de ver o técnico sair já …