Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Diretor geral das modalidades do Sporting vai a tribunal por violência doméstica grave

Miguel Albuquerque, diretor geral das modalidades do Sporting que criticou o Benfica na sequência das viaturas vandalizadas durante o dérbi de andebol no Pavilhão da Luz, é, a partir desta terça-feira, 7 de maio, julgado por «violência doméstica grave», revela-nos fonte próxima. Miguel Albuquerque criticou também – no site do Sporting Clube de Portugal – o episódio das agressões de que ele e a ex-mulher (que lhe move o processo), entre outros, foram vítimas no decorrer de uma partida de hóquei no Dragão Caixa.

Apesar de dizer que o caso está «sanado», Miguel Albuquerque responderá esta terça-feira, 7 de maio, em audiência final por «violência doméstica grave»
Ao Portal de Notícias da Impala, Miguel Albuquerque confirma a existência do julgamento «por violência doméstica».

O processo foi colocado contra ele pela ex-mulher. «Foi um desentendimento, que está sanado, tanto que ela estava no Dragão Caixa comigo… Nenhum de nós está livre de desentendimentos. Acontece muito entre casais», diz. Porém, o casal acabou divorciado e o julgamento foi mesmo para a frente, e neste dia 7 será a audiência final, no Campus da Justiça às 09h30, em Lisboa.

Comments

comments

O que pode ver

Adeptos do FC Porto indignados com a contratação de marcano

O FC Porto anunciou hoje a contratação do defesa central Marcano e os adeptos começam …